info@sefo.pt

+351 261 339 920

Comments (0)

Concretizando a sua missão de escola envolvida na comunidade e empenhada na construção de uma sociedade melhor e mais inclusiva, é com muito prazer que a ESCO se associou ao Projeto Centros Locais de Educação Comunitária (CLEC), uma iniciativa da responsabilidade da Associação Cultural Coração em Malaca, dinamizada no âmbito do Programa Cidadãos Ativ@s, financiado pelo EEA Grants e gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian, em consórcio com a Fundação Bissaya Barreto.

O projeto pretende ajudar a colmatar algumas das principais problemáticas associadas à população idosa (não institucionalizada) da região Oeste que não tenham rede de suporte e possibilidade de acompanhamento frequente, adotando, para tal, uma abordagem intergeracional como estímulo ao voluntariado jovem, à valorização da população sénior e a experiências itinerantes de Artes e Letras.

Os direitos da pessoa idosa, o envelhecimento ativo, o desenvolvimento comunitário e a integração da população idosa na comunidade são eixos prioritários que inspiram o projeto e os seus parceiros onde, para além da Escola de Serviços e Comércio do Oeste (ESCO) se incluem ainda a Santa Casa da Misericórdia de Torres Vedas e o Campus Neurológico Sénior (CNS).

Assim, assume-se como objetivo geral deste projeto “reforçar a coesão social e promover uma cidadania e envelhecimento ativos, promovendo a integração e envolvimento da população idosa na comunidade”.

 

Enquanto objetivos específicos, o projeto visa:

  • Mobilizar e formar a população mais jovem, através de voluntariado, para apoiar e acompanhar a população sénior valorizando os seus conhecimentos e experiência de vida adquiridos;
  • Promover campanhas para sensibilizar, informar e educar a população mais jovem para a valorização e respeito pelas pessoas idosas e para os eu papel na promoção de um envelhecimento ativo e no combate à solidão;
  • Reforçar a capacidade de intervenção do promotor através de um diagnóstico e plano de ação;
  • Avaliar o projeto e a sua implementação para intervenções futuras (findo o projeto).

Em breve será apresentado o Plano de Atividades a desenvolver no terreno, de forma itinerante entre as freguesias do Concelho de Torres Vedras, às quais a ESCO se irá associar, numa primeira fase, através dos seus alunos que, em regime de voluntariado, irão participar nas mesmas, nomeadamente, nas áreas de Animação Sociocultural, mas, naturalmente, estendendo o convite a outros alunos e elementos da comunidade escolar para virem abraçar este projeto, que a ESCO acarinhou desde o primeiro momento.

#somosesco